quinta-feira, 16 de março de 2017

PM PRONTA PARA FAZER TCO

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alves, anunciou que a PM está pronta para assumir a função de redigir Termos Circunstanciados de Ocorrência em casos que a lei permita. “Nossa corporação pode desempenhar com perfeição essa atividade e prestar um serviço ainda mais rápido e seguro para a população”, garantiu o oficial.
A fala do coronel Alves foi durante uma recepção prestada pela Associação dos Oficiais da PM e Bombeiros ao novo secretário de Segurança Pública, Ricardo Balestreri, sob a coordenação do presidente da Assof, tenente-coronel Alessandri Rocha. A recepção ocorreu no Salão de Festas da Assof, na tarde de terça-feira, 14 e contou com a presença do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Gilberto Marques Filho, do corregedor-geral da Justiça, desembargador Walter Carlos Leme e diversos oficiais da PM e Bombeiros.O presidente da Fundação Tiradentes, tenente-coronel Cleber também estava presente apoiando a iniciativa do comando.
A providência de autorizar policiais militares de fazer o competente registro de TCO está garantida em provimento expedido pela Corregedoria-Geral de Justiça, quando ainda ocupava o cargo o atual presidente do TJ. Em sua fala ele lembrou que a celeridade garantida por essa medida para a sociedade significa viaturas e policiais nas ruas com menor tempo e maior efetividade no combate ao crime. Gilberto Marques Filho frisou que não queria constranger o novo secretário Balestreri sobre o provimento emanado da Justiça, mas que se a Secretaria de Segurança Pública não for colocar isso em prática que diga a razão do não cumprimento da ordem judicial. “Cumpre ou conta porque não cumpre”, frisou o desembargador. Ele ainda lembrou que teve coragem para desagradar o lobby dos delegados de polícia que não querem abrir mão da exclusividade de redigirem os TCOs e que seu desprendimento se deve ao compromisso de servir à sociedade. 
O presidente da Assof, tenente-coronel Alessandri lembrou que a medida já foi autorizada pelo governador Marconi Perillo em 2015 e que falta apenas ao secretário de Segurança Pública estabelecer a rotina burocrática e a logística para o trabalho entrar em funcionamento. “É irracional admitir que uma viatura fique até 5 horas esperando para que uma autoridade policial faça um TCO enquanto poderia estar nas ruas combatendo a criminalidade. Nossos policiais têm plena condição de fazer isso e prestar um serviço muito melhor para a sociedade”, frisou. 
O secretário Ricardo Balestreri observou em seu pronunciamento que “decisão judicial não se discute, cumpre-se” e que ele próprio trabalhou para o aprimoramento dessa condição para policiais militares e rodoviários redigirem TCO quando ainda ocupava a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp). “Essa é uma alternativa para colocar policiais e viaturas mais presentes nas ruas e o lobby dos delegados está na contramão da história”, observou. Entretanto, ponderou ele, a decisão de colocar em prática a ordem da Corregedoria-Geral da Justiça será do governador Marconi Perillo. Balestreri lembrou que delegados da Polícia Civil e até da Federal são contrários à medida e tentam de todas as formas vetar essa iniciativa. Ele lembrou ao final a postura altiva e segura do desembargador Gilberto Marques Filho de conter as investidas dos delegados. “Quando vocês tiverem pessoal suficiente para exercer essa função e garantirem que a sociedade não será sacrificada voltem aqui que conversamos”, disse o magistrado aos delegados encerrando a discussão.


terça-feira, 7 de março de 2017

1 ANO NO COMANDO DE ROTAM




   Fomos designado para o Comando do BPMROTAM em 04/03/2016, assumimos, por determinação do Exmo. Sr. Comandante Geral Coronel Divino Alves da PMGO, no dia 07/03/2016. Nessa missão, iniciada em parceria com o valoroso Major Daniel Pires Aleixo. 
  Sabedores das perniciosas resistências implantadas por equivocados de toda ordem, passamos a responder apenas com um tipo de ação: TRABALHO & DOUTRINA.
   A vocês, Oficiais e Praças dessa BASEROTAM, quê ombreiam na luta por uma ROTAM cada vez melhor, mesmo não sendo do agrado de todos (mesmo por que toda unanimidade é burra mesmo), agradeço a cada um pela positividade alcançada, seja nas instalações físicas e condições de aquartelamento, na potencialização da produtividade operacional (em prol da defesa social) em detrimento da tranquilidade jurídica , no resgate de valores históricos e origens, dos nossos heróis pioneiros que se encontram na inatividade e de nossa doutrina; por vezes esquecidos; por nossos civis Rotamzeiros Honorários-6o.H e sociedade de bem formadora de opinião e pelas oportunidades de
melhorias, diante dos impasses surgidos no dia-a-dia. 
   Sempre fiquei honrado em servir na ROTAM e em ser "de" ROTAM, e a honra e responsabilidade só aumenta estando no comando dessa mais tradicional tropa de elite de combate urbano do Centro-
Oeste brasileiro.
   Quem faz a ROTAM somos todos nós... O que ela tem de bom e ruim, a origem está nas ações ou omissões de cada raiado. Por isso somos importantes e somos a mola propulsora do RAIO IMORTAL.
   Nossos projetos e propostas não se encontram na plenitude desejada de suas concretizações, mas muito avançou, exatamente pelos esforços de nossos Oficiais e Praças, pela sensibilidade
operacional do nosso grande Comando_ CPC: Tenente-Coronel Ricardo Rocha, pela atenção do Comandante Geral: Coronel Divino Alves e pelo nosso Guardião raiado na SSP/GO: Coronel Edson
Costa.
   Estamos à beira de uma expansão no entorno do DF com a implantação da 4a Companhia destacada do BPMROTAM; com o início do 16o Curso Operacional de ROTAM_COR , ainda nesse mês de março/2017 visando a oxigenação de tropa raiada e preparo de novas gerações; estamos no anseio de renovação de armamentos, comunicações e equipamentos de proteção individual; na eterna expectativa da implantação da comenda do mérito do RAIO IMORTAL (que um dia será realidade); e já usufruímos do avanço de quantidade de novas Barcas para o nosso "arroz e feijão" : patrulhamento tático especial e abordagens táticas, além da instituição do DIA DO RAIO ROTAM (06 de junho de cada ano) no calendário oficial municipal.
  ROTAM tem sacrifício com couro grosso, oração, história, tradição e Patrono: Coronel Divino Efigênio de Almeida.
   ROTAM tem ideologia de combate ao crime, tem infantaria no DNA, é pronto-emprego. ROTAM é Força que a POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS possui para ser usada em defesa do cidadão em situações de alto risco... ROTAM é 2ª malha protetora na Segurança Pública, com 
TERNURA CIDADÃ & DUREZA CÍVICA !

ROTAM! ROTAM! ROTAM!

O RAIO É IMORTAL


TENENTE-CORONEL CASTILHO
COMANDANTE DE ROTAM


MAJOR DANIEL
SUBCOMANDANTE DE ROTAM

domingo, 5 de fevereiro de 2017

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

ROTAM e o avanço operacional e administrativo em 2016


A mais tradicional tropa de elite de combate urbano do centro-oeste brasileiro, vem alcançando índices satisfatórios nesse ano de 2016, e como consequência se solidificando como a principal tropa de pronto-emprego de 2a malha protetora de segurança pública da Polícia Militar do Estado de Goiás.
Operando desde 1981 e alicerçada na doutrina de ROTA da PMESP apartir de 1996, a ROTAM desenvolve as suas missões especiais na região metropolitana e por ordem do alto comando se articula em todo território goiano.
Como Unidade de elite, atualmente subordinada ao CPC, a tropa RAIADA reverencia alguns baluartes que fizeram história na PMGO. Destaca-se: CORONEL ANTÔNIO MARMO desbravador do conceito de ROTAM  em 1981; CORONEL BUCAR comandante/doutrinador do BPMCHOQUE que em 1996 implantou todas as doutrinas existentes nas tropas de elite da PMGO; CORONEL EFIGÊNIO Patrono de ROTAM, que em 2002 como Comandante Geral da PMGO alçou a ROTAM como Unidade Independentemente.
Com uma doutrina forte e decisiva, a ideologia de combate ao crime é sistematizada no Curso Operacional de ROTAM_COR, onde o policial militar voluntário é capacitado nas 620h/a e 3 meses, a exercer as missões atinentes à um ROTAMZEIRO. 
Ao RAIADO, é destinada a responsabilidade de ser o vetor executor do lema de ROTAM : TERNURA CIDADÃ & DUREZA CÍVICA!
O patrulhamento tático especial e as abordagens táticas são rotinas das equipes na barca de ROTAM. Nesse sentido, a produtividade do ano 2016 até 31/12, orgulha qualquer esfera de comando na gestão de segurança pública. Nas quase 26 mil abordagens e nas 8 edições da operação MARTELO & BIGORNA, foram 246 armas ilegais apreendidas; 351 veículos recuperados; 101 foragidos recapturados, 429 prisões em flagrantes com 718 presos retirados de circulação, 44 excludentes em confrontos armados, 100 foragidos recapturados  e quase 3 toneladas de narcóticos de prejuízos ao narcotráfico. Vários grupos criminosos de roubo a residência, tráfico, veículos e de Instituições financeiras foram perseguidos e neutralizados colocados à disposição do sistema de justiça criminal.
ROTAM como polícia de resultados, também é próxima à comunidade, foram inúmeras creches, eventos e escolas visitadas ao longo de 2016, a BASEROTAM também foi aberta ao público jovem e infantil para palestras e demonstrações. Percebeu-se que a população de bem se sente protegida junto ao policial militar raiado, que mesmo bem armado e de cara sisuda sempre é invocado a tirar fotos e fazer amizades. Isso é confiança e credibilidade Institucional.
Sensível a essa vertente da Unidade ROTAM, o parlamento municipal de Goiânia, através do vereador Antônio UCHOA fez a propositura n.166 de lei, que fora instituído o DIA DO RAIO ROTAM (06 de junho de cada ano), no calendário oficial municipal de Goiânia, através da Lei n. 9.910 de 20/09/2016 promulgada pelo Prefeito Paulo Garcia.
Inovações foram feitas nas instalações da BASEROTAM, tais como a área de convivência GRÊMIO RAIADO, digno alojamento de cabos & soldados, memorial histórico de ROTAM, Berço Doutrinário de ROTAM (sala de aula) com equipamentos para aplicações acadêmicas, reformulação e padronização de armários, além, dos resgates de nossa história, dos nossos RAIADOS inativos e de nossas barcas antigas, brasões e tradições.
A sistemática de instruções de doutrina e aplicações táticas em zona hostil, junto aos veteranos, também vem sendo um diferencial nesse 2016. Manutenções em tiro, pistas táticas, aprimoramento nos diversos armamentos delineou a esfera de ensino da P/3 ROTAM.
Em 2016 fora concluídos projetos e apresentados ao Alto Comando: renovações de armamentos, 16o COR, viaturas mais evoluídas, medalha do RAIO ROTAM e projeções de implementos nas instruções diárias para tropa RAIADA no serviço diário.
A ROTAM como 2a malha protetora na segurança pública é uma Unidade de Elite escrava das Unidades de área. A ação raiada na proteção cidadã, é antes de tudo uma ação de apoio para as reduções dos índices criminais e suas manchas. ROTAM é o apoio seguro aos nossos heróis policiais militares nos 246 municípios goianos.
ROTAM: o RAIO É IMORTAL!

NEWTON NERY DE CASTILHO, é Tenente-Coronel Comandante de ROTAM